Arquivo da categoria: Cine Express

Cinema 3D chega finalmente a Pernambuco

Com um atraso de quase dois anos em relação a outros Estados brasileiros, Pernambuco finalmente ganhará, a partir do próximo dia 10, uma sala de cinema com tecnologia 3D (terceira dimensão). O projetor com o sistema funcionará na sala de número 5 do multiplex Box Guararapes, instalado no Shopping Guararapes, localizado na Região Metropolitana do Recife.

De acordo com a direção da Box Cinemas do Brasil, que administra o Box Guararapes, duas produções vão estrear a nova tecnologia no cinema: a animação belga “Mosconautas no mundo da lua” (2008, de Ben Stassen) e o documentário musical “U2 3D” (2007, de Catherine Owens e Mark Pellington), uma das sensações do Festival de Cannes do ano passado.

O valor dos bilhetes para cada sessão 3D será, inevitalmente, mais caro. Em outros Estados brasileiros, onde a tecnologia já é realidade, os ingressos custam cerca de R$ 20, praticamente o dobro do que é cobrado em sessões tradicionais.

Além de Pernambuco, o cinema em terceira dimensão está presente em outras nove salas espalhadas pelo País. O Estado de São Paulo foi o primeiro a adotar a tecnologia, em dezembro de 2006, com a animação “A Casa do Monstro” (2006, de Gil Kenan). No Rio de Janeiro, o cinema 3D chegou em março do ano passado com a também animação “A Família do Futuro” (2007, de Stephen J. Anderson). Nos EUA, o sistema foi inaugurado em 2005.

Para assistir ao filmes em terceira dimensão, o espectador utiliza um óculos especial com lentes polimerizadas de plástico, diferente daqueles utilizados em décadas passadas, em especial nos anos 80, quando era comum acompanhar sessões com óculos de celofane azul e vermelho. Na época, vários filmes foram exibidos com a tecnologia 3D, entre eles os clássicos do terror juvenil “Tubarão 3” (1983, de Joe Alves, na imagem logo acima) e “Sexta-feira 13 – Parte III” (1982, de Steve Miner).

Mais detalhes sobre a nova tecnologia de 3D em Hollywood, leia a matéria:
Um pequeno Avatar para o 3D, um grande salto para Hollywood

Conheça nosso novo blog Maracutaia Livros.

Barra Cabeçalho

Anúncios

De Niro e Pacino de travestis, Novo Triplo X e da Vingança para a Sede

De Niro e Al Pacino concluem filme policial para atuarem como travestis

Eles realizaram poucos filmes juntos. Em O Poderoso Chefão – Parte II (The Godfather Part II, 1974), de Francis Ford Coppola, Robert DeNiro e Al Pacino não contracenam em cena alguma, embora ambos tenham papéis importantes no filme. Foi necessário duas décadas para ocorrer o reencontro em Fogo contra Fogo (Heat, 1995), de Michael Mann, mas eles atuaram juntos numa breve sequência. O novo As Duas Faces da Lei (Righteous Kill, 2008), de Jon Avnet, aproveita melhor os astros no papel de detetives de Nova York, mas os críticos não apreciaram o resultado e metralhando o filme de todos os lados. Apesar disso, DeNiro e Pacino gostaram de atuar juntos e já pensam no próximo projeto. A intenção é fazer duas irmãs numa comédia. O astro de Perfume de Mulher e Advogado do Diabo acredita que o parceiro DeNiro atuou bem em muitas comédias nos últimos anos. Portanto, Pacino acredita no potencial do próximo projeto. Mas será uma grande surpresa para o público ver Robert De Niro e Al Pacino travestidos numa comédia. As gargalhadas estão garantidas.

###

Se depender da Sony, Vin Diesel retorna em novo Triplo X

Vin Diesel

Vin Diesel

A mais nova aventura de Vin Diesel nas telas, Missão Babilônia (Babylon A.D., 2008), desabou nas bilheterias. Mesmo assim, o estúdio Sony ainda pretende ver o astro na franquia que o ajudou a alcançar a fama, Triplo X. O filme original de 2002 foi dirigido por Rob Cohen, também responsável por Velozes e Furiosos (The Fast and the Furious, 2001). Na época, o personagem interpretado por Diesel foi celebrado como uma releitura de James Bond. O filme ganhou uma tenebrosa continuação em 2005 com Ice Cube, dirigida por Lee Tamahori (007 – Um Novo Dia Para Morrer). A Columbia Pictures negocia com o produtor Joe Roth para reiniciar a franquia e já anuncia o título antes de ter o roteiro pronto. Triplo X: O Retorno de Xander Cage (xXx: The Return of Xander Cage). O produtor controla a franquia porque o filme original foi realizado através de sua empresa produtora Revolution Studios. Diesel já concordou em retornar e também o diretor. Falta os últimos acertos contratuais.

###

Depois de tanta vingança, o diretor sul coreano tem Sede em Hollywood

Park Chan-Wook

Park Chan-Wook

Enquanto seu filme Sou um Cyborgue, Mas Tudo Bem (‘I’m a Cyborg, But That’s Ok, 2006) chega em DVD, o diretor sul-coreano Park Chan-Wook, autor da Trilogia da Vingança, formada pelos filmes Mr. Vingança (Simpathy for Mr. Vengeance, 2002), Oldboy (2003) e Lady Vingança (2005), conseguiu o apoio da Universal Pictures e da Focus Features para produzir seu próximo longa Sede (Thirst). O projeto desse longa se arrastou por muitos anos antes dele conseguir esse acordo com os estúdios. A trama focaliza um padre transformado em vampiro por acidente depois de passar por um experimento médico. Enquanto luta para se livrar da maldição, o padre termina se envolvendo com a esposa do melhor amigo. O lançamento de Sede (Thirst) ficou programado para 2009.

Arca de Noé, Sin City II, novo Enigma do Outro Mundo

Darren Aronofsky observa a Arca de Noé no horizonte

Darren Aronofsky

Darren Aronofsky

Depois de realizar o épico Fonte da Vida (The Fountain, 2007) por quase seis anos e o filme tornar-se um fracasso de público e crítica, o diretor Darren Aronofsky ainda não desistiu dos projetos épicos e agora pretende realizar uma versão definitiva sobre a Arca de Noé. Antes disso, o diretor cuidará da refilmagem de Robocop, um dos grandes sucessos dos anos 80. Aronofsky entende o apelo forte da história do segundo navio mais famoso do mundo depois do Titanic. É uma história de fim de mundo, com elementos ecológicos. “Noé foi o primeiro ambientalista. Ele é um personagem muito interessante. Nós temos um roteiro maravilhoso”, explicou o diretor em recente entrevista. O roteiro escrito por Aronofsky e o habitual parceiro Ari Handel já está pronto. A recente aclamação do diretor com Wrestler, vencedor do Leão de Ouro no último Festival de Veneza, e seu envolvimento na refilmagem de Robocop vão ajudar na aprovação do novo projeto. Entretanto, alguns elementos atrapalham e podem afugentar os estúdios, além do fracasso do épico Fonte da Vida do diretor. A comédia da Universal Pictures A Volta do Todo Poderoso (Evan Almighty, 2007) com Steve Carell (Agente 86) como protagonista substituto de Jim Carrey, exatamente sobre a Arca de Noé, afundou nas bilheterias. O suspense apocalíptico de M. Night Shyamalan, Fim dos Tempos (The Happening, 2008) também foi um fiasco. Resta saber se Hugh Jackman (Wolverine), que trabalhou com o diretor em Fonte da Vida, vai encarnar o bíblico Noé.

###

Depois da consagração, Mickey Rourke pensa em Sin City II

Mickey Rourke

Mickey Rourke

Celebrado no Festival de Veneza como o lutador decadente de Wrestler, novo filme de Darren Aronofsky vencedor do Leão de Ouro, Mickey Rourke avalia os próximos projetos e ainda planeja trabalhar com o diretor Robert Rodriguez na continuação de Sin City – Cidade do Pecado (Sin City, 2005), baseado nos quadrinhos de Frank Miller. “Eu tenho grande respeito por Rodriguez”, afirma o ator de 9 1/2 Semanas de Amor que passou os últimos anos distante dos holofotes e retornou depois de atuar para Rodriguez. “Pretendo voltar (a Sin City) porque foi uma boa experiência. Gosto de trabalhar com diretores interessantes”, completa o astro. Frank Miller recentemente completou o roteiro do novo Sin City, enquanto dirige outra adaptação dos quadrinhos, Spirit, baseado no personagem criado por Will Eisner.

###

Produtor indeciso entre Prelúdio ou Continuação de Enigma do Outro Mundo

O produtor Marc Abraham, de Filhos da Esperança (Children of Men, 2006), recentemente estreou como diretor no biográfico Flash de Gênio (Flash of Genius, 2008) sobre um inventor que luta contra a indústria automobilística. Entretanto, ele mobiliza as atenções da imprensa quando aborda seu próximo projeto, a refilmagem do clássico da ficção científica de John Carpenter, O Enigma de Outro Mundo (The Thing, 1982). Por sua vez, refilmagem de outro clássico mais antigo, O Monstro do Ártico (The Thing from Another World, 1951), de Christian Nyby. Perguntado se o novo projeto seria uma refilmagem ou prelúdio, o produtor sai pela tangente e explica que seria mais um prelúdio do que uma sequência, ambientado na mesma época retratada no filme produzido nos anos 80. O diretor e produtor Abraham disse tudo, sem explicar nada. Para quem perdeu o clássico de Carpenter, uma criatura alienígena malígna enfrenta a equipe de cientistas liderada por Kurt Russell. O clima de terror torna-se intenso devido ao isolamento dos personagens no coração do Ártico e porque a criatura tem a capacidade de controlar totalmente seu hospedeiro. Mais uma grandiosa obra de ficção científica dentro do conceito do inimigo entre nós, em sintonia com a ideologia da Guerra Fria, entre Estados Unidos e Rússia.

Mais Rambo, Tempo dos Césares, Paródia das Paródias, Filme grátis no You Tube

A saga de Rambo não acabou. Vem aí: Rambo V e VI

Sylvester Stallone

Sylvester Stallone

Para alguém perto da aposentadoria, reconduzir seus heróis para as telas com sucesso depois de duas décadas na geladeira foi uma proeza em tanto. Mas Sylvester Stallone não apenas ressucitou Rocky Balboa e John Rambo, como também conseguiu conquistar o público com os novos filmes lançados. Rocky Balboa (2006), sexto filme da franquia do famoso boxeador arrecadou US$ 70 milhões no mundo inteiro, enquanto o quarto filme do veterano do vietnã, John Rambo (2008) superou a marca dos US$ 100 milhões, antes do lançamento em DVD. Com isso, as produtoras Millenium Films e a Nu Image, decidiram encomendar mais duas seqüências de Rambo para Stallone roteirizar e dirigir. As continuações seriam mais voltadas para a ação do que dramas de guerra, assim como o segundo e o terceiro filme da franquia. Como Stallone não perde tempo, rumores sugerem que o astro já teria concluido o roteiro do quinto filme que seria gravado na Bulgária. O curioso é que na semana do lançamento do mais recente filme do Rambo, no início do ano, Stallone afirmou: “Este será o último. Eu não irei mais longe”. Nada mais distante da realidade.

###

Jim Sheridan volta ao tempo dos Césares

Jim Sheridan

Jim Sheridan

A produtora Relativity Media adquiriu os direitos para adaptar o romance de Robert Graves, ambientado no Império Romano, Eu, Cláudius, Impeador (I, Claudius). O aclamado diretor de Meu Pé Esquerdo, Em Nome do Pai e Terra dos Sonhos, Jim Sheridan assume a direção e pretende escrever o roteiro ao lado do habitual colaborador Nye Heron. O romance de Graves, lançado em 1934, reconta as tramas e intrigas políticas em torno do quarto imperador romano Tibérius Cláudius, que governou entre 41-54 dC. O livro é considerado por muitos como um dos melhores romances do século XX. A trama de Graves inspirou uma mini-série produzida pela BBC nos anos 70, estrelada por John Hurt e Patrick Stewart. Leonardo DiCaprio ficou interessado em participar do projeto. O Império Romano já foi tema de grandiosos filmes em Hollywood como os clássicos Quo Vadis (Idem, 1951), Julius Caesar (1953), Ben-Hur (Idem, 1959), Spartacus (1960), A Queda do Império Romano (The Fall of the Roman Empire, 1964), o polêmico Calígula (1979) e o recente sucesso Gladiator (2000). A emissora de TV Paga HBO produziu uma série inesquecível sobre o Império Romano, a aclamada Roma (2005-2007).

###

Agora resolveram parodiar os filmes de paródias

Chevy Chase

Chevy Chase

Depois do sucesso da série Todo Mundo em Pânico (Scary Movie, 2000), o gênero das paródias ganhou força em Hollywood e promoveu uma avalanche de filmes do tipo como Não é Mais um Besteirol Americano (Not Another Teen Movie, 2001), Uma Comédia Nada Romântica (Date Movie, 2006), Deu a Louca em Hollywood (Epic Movie, 2007), Espartalhões (Meet the Spartans, 2008), Super-Herói – O Filme (Superhero: Movie, 2008), Super-Heróis – A Liga da Injustiça (Disaster Movie, 2008). Sem falar nas três continuações de Todo Mundo em Pânico. Além do baixo custo para produzir, os roteiros são apenas reciclagem de idéias. O que compromete a qualidade das comédias. Bem distante do nível alcançado pelo inesquecível Apertem os Cintos! O Piloto Sumiu (Airplane, 1980).

Entretanto, Hollywood pretende arrancar até o último centavo do gênero e agora resolve produzir um filme de paródia dos filmes de paródia. Entitulado Not Another Not Another Movie do diretor David Murphy, o filme tenta compensar o esgotamento de idéias com um elenco de nomes consagrados do passado como Chevy Chase (Férias Frustradas), Burt Reynolds (Agarra-me Se Puderes) e Michael Madsen (Kill Biil). A trama apresenta um estúdio de Hollywood capaz de fazer qualquer coisa para ganhar dinheiro nas bilheterias. O roteiro não poderia ser outro. As filmagens começam ainda em setembro.

###

Wayne Wang lança seu filme de graça no YouTube

Wayne Wang

Wayne Wang

Em 17 de outubro, o cineasta chinês Wayne Wang, dos dramas Clube da Felicidade e da Sorte e Cortina de Fumaça, pretende lançar no You Tube seu mais novo filme Princesa Nebrasca (The Princess of Nebraska, 2007), enquanto a produtora Magnolia Pictures lança nos cinemas outro novo filme do cineasta, Centenas de Anos de Boas Preces (A Thousand Years of Good Prayers, 2007). Ambos são adaptações para as telas de romances de Yiyun Li. Na trama de Princesa Nebrasca, Sasha (Ling Li), estudante chinesa num programa de intercâmbio nos Estados Unidos, decide viajar de Nebrasca até São Francisco para fazer um aborto, depois de descobrir que ficou grávida. O lançamento de filmes independentes pela Internet pode se transformar numa tendência. Recentemente, o documentarista Michael Moore decidiu fazer o mesmo com seu mais novo trabalho, Slacker Uprising.

Conheça nosso novo blog Maracutaia Livros.

Barra Cabeçalho

Cavaleiro das Estatuetas Douradas, temporada da Marvel e Governador nos bastidores de Exterminador IV

Warner planeja relançar Batman de olho no Oscar

Health Ledger

Health Ledger

O principal lançamento do ano, a quinta maior bilheteria de todos os tempos (por enquanto), uma das melhores adaptações dos quadrinhos no cinema, Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008) será relançado pela Warner em janeiro, nos Estados Unidos, numa clara estratégia para despertar a atenção dos votantes do Oscar. Especialmente, sobre a elogiada atuação de Health Ledger como o Coringa. Os executivos do estúdio negociam com a rede de cinemas das telas gigantescas Imax para fazer o relançamento. O filme que até o momento rendeu US$ 968,7 milhões no mundo inteiro, pode inclusive superar a marca de 1 bilhão de dolares e entrar para o seleto clube dos filmes bilionários: Titanic (Idem, 1997), US$ 1,835 bilhão, Senhor dos Anéis – Retorno do Rei, O (Lord of the Rings: The Return of the King, The, 2003), US$ $ 1,129 bilhão e Piratas do Caribe – Bau da Morte, O (Pirates of the Caribbean: Dead Man’s Chest, 2006), US$ 1,060 bilhão.

Na corrida pelo Oscar, o filme mais recente do Batman poderia render indicações de Melhor Diretor para Christopher Nolan, nas categorias de elenco e nos prêmios técnicos. Afinal, além de ser um grande sucesso de público, o filme conquistou o respeito da critica especializada. Pouco antes da estréia de Cavaleiro das Trevas nas telas, integrantes do elenco, como Gary Oldman, comentaram sobre a possível indicação de Ledger, falecido no início do ano, como Melhor Ator por seu excepcional desempenho como o Coringa. Eles inclusive sugeriram iniciar uma campanha a favor dessa indicação. No Brasil, o filme atraiu cerca de 4,1 milhões de pessoas, resultando em R$ 32,5 milhões nas bilheterias.

###

Temporada da Marvel

Marvel Comics

Marvel Comics

Enquanto a Warner e a editora de quadrinhos DC Comics celebram o sucesso de Batman nas telas, a editora rival Marvel Comics festeja diversas conquistas em 2008. O sucesso de Homem de Ferro (Iron Man, 2008), com US$ 575 milhões arrecadados nas bilheterias mundiais e Incrível Hulk (The Incredible Hulk, 2008), com US$ 254 milhões, colocando ambos os filmes entre as 15 maiores bilheterias de 2008, além do próprio bom momento das vendas de revistas da editora com a saga Invasão Secreta no mercado norte americano. Executivos da Marvel aguardam com ansiedade para os futuros filmes inspirados nos personagens da popular editora e já comparam a trama de Thor com a trilogia Senhor dos Anéis. Entre os próximos lançamentos, Homem de Ferro II (Iron Man II) ficou programado para 30 de abril de 2010, pouco depois chegará o Deus do Trovão, Thor (Idem) em 04 de junho de 2010. No ano seguinte, o clássico herói, Capitão América – Primeiro Vingador (The First Avenger: Captain America), invade as telas em 06 de maio de 2011 para, finalmente, encontrar o grupo Vingadores (Avengers) em julho de 2011.

###

Arnold Governador não abandona suas raizes como Exterminador

Arnold Schwarzenegger

Arnold Schwarzenegger

A imagem mais curiosa divulgada dos bastidores de Exterminador do Futuro – Salvação (Terminator Salvation, 2009) foi o encontro de John Connor, interpretado por Christian Bale (Batman), e o atual Governador da Califórnia, Arnold Schwarzenegger, durante o intervalo das filmagens do próximo filme da franquia. A notícia agitou os fãs da série e iniciou as especulações sobre a possível participação de Arnold no novo filme. Entretanto, os produtores divulgaram o ator Roland Kickinger, como a versão jovem do clássico andróide T-800 que ajudou a construir a fama de Schwarzenegger. Mesmo assim, sabe-se que o diretor do quarto filme da franquia, Mc G (As Panteras) vai insistir para conseguir qualquer tipo de envolvimento de Arnold no filme ainda em produção. Nem que seja como ponta de luxo só para dizer Asta La Vista, Baby. Exterminador do Futuro – Salvação (Terminator Salvation, 2009), dirigido por McG, tem lançamento mundial programado para 22 de maio de 2009.

Fox contra ataca com Marvel, Paul Verhoeven em novo suspense e Val Kilmer denuncia aquecimento global

Fox contra ataca com a Marvel

Esse não foi um bom ano para a 20th Century Fox nas bilheterias. Nenhum dos filmes lançados pelo estúdio superou a marca de US$ 100 milhões no mercado norte americano. Atrasos nas filmagens de X-Men – A Origem: Wolverine (X-Men Origins: Wolverine) impediram que o filme fosse lançado ainda em 2008, apesar do grande apelo junto ao público do filme dedicado exclusivamente a Wolverine. Enquanto os demais estúdios aproveitaram bem a onda de adaptações dos quadrinhos no cinema. A Warner pode superar a marca de US$ 1 bilhão com Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008), enquanto a Universal celebra O Incrível Hulk (The Incredible Hulk, 2008) e a Paramount já planeja a continuação de Homem de Ferro (Iron Man, 2008).

A resposta da Fox será produzir mais filmes baseados em personagens da editora Marvel. Vários projetos foram cogitados. Um filme dos Jovens X-Men, voltado para o público adolescente, numa temática semelhante aos Novos Mutantes ou uma versão adolescente dos primeiros X-Men. Proposta assustadora porque a Fox já tentou isso e resultou no abominável Geração X (Generation X, 1996). Um filme centrado no assassino mascarado da Marvel, Deadpool, que já está no filme do Wolverine, interpretado por Ryan Reynolds, abrindo caminho para a extensão da franquia mutante no cinema.

O terceiro projeto seria ressucitar Demolidor e fazer uma continuação ignorando o primeiro filme de 2003 com Ben Affleck, assim como a Universal fez com O Incrível Hulk (The Incredible Hulk, 2008), sem considerar o dramático Hulk de Ang Lee produzido em 2003. Jason Statham, o astro de Adrenalina e Carga Explosiva, já se candidatou para ser o homem sem medo. E Frank Miller, roteirista de quadrinhos responsável por duas impactantes sagas do Demolidor nos quadrinhos, aprovou a idéia. Mas o estúdio não se manifestou sobre a participação de Statham no filme.

Essas novas propostas surgem além daqueles projetos já em produção como o filme dedicado a Magneto e outro do Surfista Prateado. Os demais, por enquanto, são apenas possibilidades cogitadas para ajudar o estúdio a explorar o rentável filão das adaptações dos quadrinhos nas telas. A ironia é que há uma década, os estúdios viam os filmes baseados em quadrinhos como produtos voltados para crianças, exóticos demais para atingir o grande público, portanto com pouco potencial nas bilheterias. Até que Bryan Singer fez X-Men (Idem, 2000) e Sam Raimi respondeu com Homem Aranha (Spider Man, 2002). Os sucessos recentes de Homem de Ferro (Iron Man, 2008) e Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight, 2008) consolidaram o novo filão.

###

Paul Verhoeven volta ao suspense sensual

Paul Verhoeven

Paul Verhoeven

O diretor holandês famoso por suspenses sensuais como Instinto Selvagem (Basic Instinct, 1992) volta a linha com uma nova produção da Relativity Media ainda sem título, com roteiro de Wendy Miller. O projeto é visto como o cruzamento entre Negócio Arriscado (Risky Business, 1983) e Atração Fatal (Fatal Attraction, 1987) e mostra um estudante universitário envolvido num perigoso romance com a esposa de seu chefe. Enquanto as filmagens não começam em 2009, Verhoeven prepara a continuação de Thomas Crown – A Arte do Crime (Thomas Crown Affair, 1999) com o ex James Bond, Pierce Brosnan.

###

Val Kilmer preocupado com o Aquecimento Global

Val Kilmer

Val Kilmer

Val Kilmer (Alexandre) pretende engordar para fazer um professor universitário que aprisiona seis refens numa casa de banho turca com a intenção de chamar a atenção da mídia sobre o aquecimento global no filme The Steam Experiment. Ele explica ao detetive, interpretado por Armand Assante (O Juiz), que só pretende revelar a localização das pessoas aprisionadas se o jornal publicar sua pesquisa na primeira página. Enquanto a temperatura sobe, os refens lutam para sobreviver ao calor intenso. O suspense independente sobre o Aquecimento Global reune no elenco, Eric Roberts (Batman – O Cavaleiro das Trevas), Megan Brown (Instinto Secreto) e Patrick Muldoon (Manhã Sangrenta). Philippe Martinez (Vingança) foi escalado para dirigir o filme baseado no roteiro de Rob Malkani (Conexão com a Morte).

Diretor quer Thor, vencedor de Veneza busca Robocop, 14 filmes brasileiros no caminho do Oscar, Super Herói Americano

Diretor de Paranóia se candidata para assumir Thor

J Caruso

D.J. Caruso

O diretor Matthew Vaughn, conhecido pelos fãs de quadrinhos por adaptar a obra de Neil Gaiman, Stardust, para as telas, meses atrás deixou o projeto do longa metragem sobre mais um personagem da Marvel Comics, o Poderoso Thor. A cadeira de diretor ficou vaga, mas agora surge um candidato. D. J. Caruso, de Roubando Vidas e Paranóia. Caruso prepara-se para lançar o suspense Controle Absoluto (Eagle Eye, 2008) com Shia LaBeouf (Transformers) e Michelle Monaghan (Lost) e revela em entrevista seu interesse no personagem nórdico. O diretor não viu o roteiro, mas ele teme ver Thor inserido no mundo moderno. Caruso prefere uma história situada em Asgard, a terra mítica dos deuses. Os executivos da Marvel pensam o contrário. Eles querem fazer a ligação entre o filme do deus mitológico com os Vingadores, assim como ocorre nos filmes do Hulk, Homem de Ferro e no futuro projeto do Capitão América. Mesmo assim, o nome de Caruso está bem cotado. Diferente de Matthew Vaughn, agora sem rumo. Anos antes, Vaughn também perdeu espaço pouco tempo depois de assumir X-Men III, com a saída de Bryan Singer, mas quem realmente ficou como diretor foi Brett Ratner.

###

Diretor premiado em Veneza assume refilmagem de Robocop

Depois de conquistar o Leão Dourado com o filme The Wrestler (2008), o diretor de Pi, Réquiem para um Sonho e Fonte da Vida, Darren Aronofsky, prepara refilmagem de Robocop – o Policial do Futuro (Robocop, 1987), dirigido originalmente pelo diretor holandês Paul Verhoeven. O filme vai recriar a franquia, inclusive não tendo mais como cenário a cidade de Detroit. Entretanto, pouco se sabe a respeito do novo roteiro escrito por David Self (Estrada para Perdição). Aronofsky colabora para finalizar o texto. Na trama original, um policial de Detroit morto nas ruas, ressurge como um ciborgue para lutar contra o crime. O lançamento da refilmagem está previsto para 2010.

###

Cena do filme permbucano: Nossa Vida Não Cabe num Opala

14 filmes brasileiros no caminho do Oscar

Ministério da Cultura anuncia a lista dos 14 filmes brasileiros inscritos para disputar à indicação oficial do país ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro. O prazo de inscrição encerrou nesta segunda-feira, dia 8 de setembro.

Os filmes concorrentes são:

  • A Casa de Alice, de Chico Teixera
  • A Via Láctea, de Lina Chamie
  • Chega de Saudade, de Laís Bodansky
  • Era uma Vez… , de Breno Silveira
  • Estômago, de Marcos Jorge
  • Meu Nome Não é Johnny, de Mauro Lima
  • Mutum, de Sandra Kogut
  • Nossa Vida Não Cabe num Opala, de Reinaldo Pinheiro
  • Olho de Boi, de Hermano Penna
  • Onde Andará Dulce Veiga?, de Guilherme de Almeida Prado
  • O Passado, de Hector Babenco
  • Os Desafinados, de Walter Lima Júnior
  • O Signo da Cidade, de Carlos Alberto Riccelli
  • Última Parada – 174, de Bruno Barreto

Uma comissão formada por seis profissionais do audiovisual – Antonio Alfredo Torres Bandeira, Cleber Eduardo, Silvia Rabello, Maria Dora Mourão, Giba Assis Brasil e Paulo Sérgio Almeida – vão avaliar cada concorrente e o filme escolhido será divulgado no dia 16 de setembro no Rio de Janeiro. Mas isso não significa que a indicação oficial do Brasil resulte numa indicação ao Oscar. O filme escolhido ainda vai concorrer com as indicações dos cerca de 90 países. Uma comissão especial da Academia de Ciências Cinematográficas de Hollywood fará a triagem e apontará os cinco indicados ao Oscar. Depois, todos os membros da Academia votam entre os cinco para decidir qual o filme merece levar a famosa e cobiçada estatueta dourada.

###

Super Herói Americano prepara para decolar nas telas

Em tempos de super heróis frequentando Hollywood, nada mais natural do que resgatar uma excelente paródia do gênero produzida para a televisão. Uma das séries mais divertidas dos anos 80, o Super Herói Americano (The Greatest American Hero), criada por Stephen J. Cannell, deve ganhar as telas em breve. O próprio criador da franquia confirmou a notícia. Com o roteiro pronto e o diretor definido, falta apenas iniciar as filmagens. O diretor Stephen Herek (A Hora das Criaturas, 101 Dálmatas) deve assumir o projeto. Embora o produtor não tenha confirmado seu nome. O elenco da série original produzida entre 1981 e 1983, William Katt, Robert Culp e Connie Sellecca podem retornar em participações especiais. Na trama, um professor recebe de presente de alienígenas uma roupa especial capaz de conceder super poderes a quem veste. Mas ele perde o manual de instruções da super roupa e transforma-se num super desastre ambulante enquanto tenta salvar vidas e ajudar as pessoas. A série foi exibida no Brasil pelo SBT.

Conheça nosso novo blog Maracutaia Livros.

Barra Cabeçalho