O eterno coveiro assombra até a alma

Pioneiro do terror no cinema brasileiro, José Mojica Marins, mais conhecido como Zé do Caixão, retorna com sucesso ao gênero com Encarnação do Demônio (Nacional, 2008), filme vencedor do trofeu Menina de Ouro do primeiro Festival de Cinema de Paulínia nas categorias de Melhor Filme (Escolha popular e escolha do Juri), Trilha Sonora, Fotografia, Direção de Arte, Montagem e Edição de Som, superando concorrentes como Feliz Natal, estréia na direção do ator Selton Mello, o documentário Pindorama – A Verdadeira História dos Sete Anões dirigido a seis mãos por Roberto Berliner, Leo Crivelare e Lula Queiroga e Os Desafinados, comédia dramática de Walter Lima Jr. com Rodrigo Santoro, Selton Mello e Claudia Abreu.

Personagem central da biografia Maldito – O Estranho Mundo de José Mojica Marins, escrita por André Barcinski e Ivan Finotti, o cineasta especializado em Terror realizou grandes clássicos como À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1963), Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver (1966) e O Estranho Mundo de Zé do Caixão (1967), mas passou as décadas seguintes com dificuldades para realizar outros filmes. Seu trabalho foi pouco valorizado no Brasil, embora tenha recebido destaque na Europa e nos Estados Unidos, onde é conhecido como Coffin Joe. Em 2001, o cineasta das unhas avantajadas recebeu um prêmio pelo conjunto da obra no Sundunce Film Festival. Apesar de uma carreira inconstante, Mojica dirigiu mais de 30 filmes. Em 2006, ao receber pela primeira vez um financiamento oficial – cerca de R$ 1 milhão -, o cineasta realizou seu mais ambicioso projeto, A Encarnação do Demônio. Quando começou a produção, o diretor comentou: “É a fita mais cara da minha vida e será a melhor fita do Brasil”. Ele provou o valor de seu mais novo trabalho desde o lançamento, quando conquistou os principais prêmios no Festival de Paulínia.

Encarnação do Demônio (Nacional, 2008) encerra a saga do coveiro que aterroriza a cidade em busca de uma mulher perfeita para gerar o seu rebento. A busca, iniciada em À Meia-Noite Levarei Sua Alma (1963), teve continuidade em Esta Noite Encarnarei no Teu Cadáver (1966), chegando ao fim com o novo filme produzido 40 anos depois. Zé do Caixão forma um exército de marginais e indigentes para conseguir seu intento. O cineasta optou por evitar o uso de computadores e manter suas técnicas artesanais de produção. O resultado mostrado no trailer é promissor.

A data do lançamento de Encarnação do Demônio (Nacional, 2008), em 08 de Agosto de 2008, foi escolhida por ser cabalística. Então, prepare seu estômago e testemunhe o trailer se for capaz:

Anúncios

Uma resposta para “O eterno coveiro assombra até a alma

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s